quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Eu li: Eu sou o Mensageiro - Marcus Suzak

Hoje vou indicar um livro que foi me indicado há um tempão atrás e só agora consegui ler. O livro chama-se "Eu sou o Mensageiro", de Marcus Suzak, o mesmo autor do best-seller "A menina que roubava livros". O livro foi lançado aqui no Brasil em 2007.


Sinopse: Seu emprego: taxista. Sua filiação: um pai morto pela birita e uma mãe amarga, ranzinza. Sua companhia constante: um cachorro fedorento e um punhado de amigos fracassados.Sua missão: algo de muito importante, com o potencial de mudar algumas vidas. Por quê? Determinado por quem? Isso nem ele sabe. O que se sabe é que Ed, um dia, teve a coragem de impedir uma assalto a banco. E que, um pouco depois disso, começou a receber cartas anônimas. O conteúdo: invariavelmente, uma carta de baralho, um ou mais endereços e...só.


Pela sinopse já para perceber que é uma mistura de mistério com ação, não é mesmo? E é! É daqueles livros bem envolventes. À partir da primeira carta, o leitor já quer saber qual será o futuro de cada carta que estará por vir. Só que os livros do Marcus Suzak não ficam só nas histórias, eles emocionam real/oficial o leitor, fazendo com que a gente se deixa levar por reflexões sobre a vida. Acho que o mais bacana desse livro é que dá para se identificar em algum momento (ou em todos) e pensar melhor no nosso potencial, pensar melhor se a nossa vida é mesmo "só isso" ou "é tudo isso"? E se cada um está onde está porque tem que ser assim e aprender uma lição com aquele momento? E se a gente reparar nos detalhes e agradecer por eles? E se a gente fosse melhor para o outro, e dessa forma, fossemos melhor pra nós mesmos? 


Esse livro é lindo e muito fácil de ler... bem leve, mas com aquele peso das palavras que nos faz pensar. Recomento muito!

Ate mais! Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário